Tabela INSS de Contribuição Mensal Atualizada

Todo ano o INSS divulga, no Diário Oficial da União, uma portaria com os reajustes da aposentadoria. A decisão foi publicada no D.O.U. no dia 14 de janeiro e pode ser conferida na íntegra aqui (http://www.previdencia.gov.br/noticias/beneficios-indice-de-reajuste-para-segurados-que-recebem-acima-do-minimo-e-de-623-em-2015/).

A portaria é importante não apenas para quem já está aposentado. Nela também estão contidas as informações sobre o quanto de contribuição deve ser feito para que, mais tarde, se obtenha o benefício – as chamadas “alíquotas do INSS”. E é sobre ela que vamos falar hoje. Acompanhe:

Confira a Tabela INSS de Contribuição Mensal Atualizada

A alíquota para a aposentadoria, assim como nos anos anteriores, não é definida em valores reais, mas em porcentagem: quem recebe entre R$1317,08 e R$2195,12 deverá ter recolhido, direto da fonte, 9% para o INSS; entre R$ 2195,13 e R$4390,24 a alíquota é de 11%. Este valor de R$4390,24 representa o teto da arrecadação.

Para quem recebe salário-família, o valor também é decidido com base nessa publicação. Quem recebe até R$682,50 terá direito a R$35 de cota. Entre R$682,51 e R$1025,81, o valor desce para R$24,66. Acima deste valor de salário o beneficiário não tem direito ao salário- família.

Tabela INSS 2014 de contribuição mensal atualizada

Essas alíquotas são responsáveis por definir grande parte dos salários dos brasileiros. O salário que todos conhecemos, no regime CLT, sofre uma série de descontos. Entre eles, o principal é o do INSS, que vai para uma conta especial gerida pelo Ministério da Previdência Social. Quando algum dos requisitos para a aposentadoria é alcançado (idade, tempo de contribuição, invalidez ou deficiência), é a partir desses valores que a quantia a ser recebida pelo aposentado será definida.

A aposentadoria é o momento de retiro de um trabalhador. Após anos de trabalho duro, é aqui que ele recebe para viver o que, segundo o governo, se consideram os “anos finais de uma pessoa”. Como a expectativa de vida do brasileiro aumenta constantemente, é de se esperar que, ano após ano, a data para a aposentadoria também suba. E, considerando-se que os valores são reajustados de acordo com a inflação, também é sabido que os valores a serem recebidos serão maiores de acordo com a Tabela INSS de contribuição mensal atualizada.